top of page

Realização:

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn

Como manter uma boa alimentação para crianças e adolescentes nas férias?

Período sem aulas e mais tempo em casa podem levar a maus hábitos alimentares





As férias escolares chegaram e, com elas, podem acontecer mudanças nos hábitos alimentares das crianças e adolescentes. Com a quebra na rotina, é comum o aumento do consumo de alimentos ultraprocessados, como biscoitos recheados, sucos de caixinha, refrigerantes e fast food,  que são ricos em sódio, corantes, conservantes, sal e gordura. Embora também façam parte deste momento, é necessário um esforço das famílias para manter bons hábitos no dia a dia, durante o período fora da escola. 


A oferta de alimentos in natura e minimamente processados, como frutas, verduras e legumes, é importante para garantir uma alimentação saudável. Durante as refeições, procure o equilíbrio, oferecendo opções de todos os grupos alimentares, como arroz, macarrão ou tubérculos, feijão, legumes, verduras e um tipo de carne magra, que pode ser ave, peixe, ou vermelha.


Outra dica importante é valorizar os produtos regionais e variar, sempre que possível, comprando os alimentos da época, que estarão mais adequados e saborosos para o consumo. 


Durante as refeições, os dispositivos eletrônicos, como TV e celulares, devem ser evitados, para que o ambiente seja tranquilo. Partilhar este momento com as pessoas da casa também é uma forma de valorizar a alimentação e o convívio.


Observe ainda se a criança ou adolescente está comendo em horários irregulares ou em excesso. Muitas vezes, quando estão por mais tempo em casa, eles optam por “beliscar” ao longo dia, o que não é saudável e aumenta a ansiedade. Em famílias com acesso adequado aos alimentos, o ideal é manter as três principais refeições do dia, fazendo lanches leves em horários definidos entre as refeições. Para estes momentos, frutas frescas ou secas são excelentes alternativas, bem como leite, iogurte natural e castanhas ou nozes.


E mais: além da boa alimentação, movimentar o corpo é muito importante para a saúde! Incentive, sempre que possível, brincadeiras ao ar livre e a prática de esportes.


 

Espaço para maus hábitos


As crianças costumam ganhar mais peso durante as férias escolares. De acordo com o estudo "Influências ambientais no ganho de peso de crianças em idade escolar durante o período de férias",  as que estão com sobrepeso e obesidade apresentam ganho de peso ainda maior, quando comparadas às crianças com peso adequado. Foram avaliadas crianças entre 4 e 8 anos. No levantamento, também foi observada redução nas atividades físicas e muito tempo gasto em atividades sedentárias. 


Em outra pesquisa, "Impacto das Férias de Verão no Estado Nutricional das Crianças e Adolescentes", feita com crianças portuguesas, a autora chegou à mesma conclusão. Com as férias escolares, vêm a diminuição da prática de atividade física, o aumento do sedentarismo, tempo de sono irregular e mudanças nos hábitos alimentares, o que é uma janela de vulnerabilidade que leva ao excesso de peso e à obesidade.


40 visualizações
bottom of page