Realização:

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn

Estudo revela como os alimentos saudáveis se tornaram tão caros no Brasil




Um estudo publicado pela ACT Promoção da Saúde revela porque alimentar-se de forma saudável tornou-se mais caro ao longo dos últimos anos nos Brasil, enquanto os alimentos ultraprocessados ficaram mais acessíveis.


No relatório “Dinâmica e Diferenças dos Preços dos Alimentos no Brasil”, o autor Valter Palmieri Júnior, doutor em desenvolvimento econômico pela Unicamp, apresenta as razões que conduziram o país a este cenário, e apresenta propostas para a construção de políticas públicas que garantam o acesso à alimentação adequada e promovam a saúde das famílias brasileiras.


Entre junho de 2006 e abril de 2021, a inflação dos alimentos e bebidas ficou 38% acima do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, um dos principais indicadores da inflação no Brasil.


Uma das razões para o fenômeno é o crescimento das exportações, beneficiadas pelo cenário internacional e incentivos governamentais. Isso tem levado a uma redução das terras agricultáveis para o cultivo de alimentos básicos e para o consumo interno, como arroz, feijão e frutas, por exemplo.


O estudo aponta caminhos e políticas públicas que podem mudar esse cenário.


Confira o relatório completo

31 visualizações
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn

Rua Humaitá, 275 - 7° andar
Humaitá, Rio de Janeiro – RJ
CEP: 22261-005
desiderata@desiderata.org.br

(51) 99371-8689 | (21) 99137-8233